quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

Agradecimento

Foi hoje publicado o decreto-lei que estabelece os aumentos de vencimentos dos funcionários públicos no activo e das pensões dos reformados da C.G.A.

Vi que, como reformado, sou aumentado 1.65% enquanto os meus colegas do activo são aumentados 2.1%.

A princípio estranhei, mas, depois de pensar melhor, vi que o sr. primeiro-ministro me estava a dar uma oportunidade de fazer o BEM, contribuindo assim para o aumento dos meus créditos nas contas finais com o Criador.

Digo fazer o BEM, porque certamente a diferença entre o meu aumento de reforma e os fabulosos 2.1% dos meus colegas do activo, servirão para compensar a falta de contribuições daqueles pobres nomeados para as administrações de certas empresas públicas onde, por estatuto, entram logo a contar com 15 a 25 anos de descontos.
Também devo estar a contribuir para os vencimentos daqueles desgraçados que não sabem nem nunca fizeram a ponta dum corno, se filiaram num partido e são nomeados para altos cargos, onde exercem o que sempre fizeram.
Pode ainda dar-se o caso de estar a contribuir para a atribuição de um carrito de alta gama a algum nomeado que, devido ao baixíssimo vencimento, não pode andar no carro dele.

Por me ajudar a ter esta contribuição para a salvação da minha alma, muito obrigado sr. primeiro-ministro!

1 comentário:

António Agostinho disse...

Um aumento
de 1.65 por cento!...
Porreiro
Senhor Engenheiro!...