quinta-feira, 12 de julho de 2007

Fidelidade, lealdade e avaliações

O sr. Primeiro-Ministro confessou-se chocado ao saber do caso dos dois professores a que foi negada a reforma por juntas médicas da CGA. Já a ministra da Educação afirmou hoje 11/07/07) já saber do caso há algum tempo.
Acredito que o sr Primeiro-Ministro não soubesse do caso, porque está rodeado de "fiéis" e os fiéis só dizem ao chefe o que ele quer ouvir.
Na Administração Pública confunde-se muito lealdade com fidelidade.
O funcionário, no termo de posse , aceitação ou como queiram chamar-lhe, compromete-se a desempenhar com lealdade as funções que lhe são confiadas.
A lealdade é para com a função. Por exemplo, se o funcionário recebe uma ordem e vê que as consequências não serão as melhores, tem o dever de lealdade de o dizer a quem lhe deu a ordem.
Pelo contrário, a fidelidade implica nunca contrariar o chefe. É o caso dos "yes-men".
O funcionário fiel, que desistiu de pensar há muito tempo por temer o perigo de chegar a conclusões diferentes das do chefe, nunca terá boa classificação num concurso que não seja controlado pelo respectivo chefe, pois é incapaz de interpretar um diploma legislativo.
Será por isso que acabaram com os concursos?
O funcionário fiel é nomeado por escolha e, nas avaliações, cabe naqueles tais 25%!
Já o funcionário leal, diz ao chefe o que pensa melhor para o serviço, embora o possa contrariar, e discute a própria interpretação da legislação na aplicação à realidade.
Claro que, quando chega a hora das avaliações, o funcionário leal é preterido, fica nos 75% da ralé e nunca avançará na carreira porque, ainda que mude o chefe, por mudança da "cor" governamental, os chefes gostam sempre dos fiéis, que são muito flexíveis.
Por minha parte, jogo nos leais.

6 comentários:

Nuno Guimas disse...

Só não concordo com a parte "Na administração pública confunde-se muito ...". Na realidade este não é um fenómeno exclusivo da função pública. De resto, excelente mais uma vez :).

ewelyne disse...

Uma das melhores definições que já vi para explicar a diferença entre fidelidade e lealdade.

Guimaraes disse...

Cara/(o?) Ewelyne
Agradeço o seu comentário e solicito o envio de mais contactos para discutirmos outros temas.
Abraço
António guimarães

ewelyne disse...

OK! ve ai meu e-mail : ewelyne_bancovaledosaofrancisco@hotmail.com

Anónimo disse...

OK! ve ai meu e-mail : ewelyne_bancovaledosaofrancisco@hotmail.com

Anónimo disse...

Obrigado por Blog intiresny